Meu filhotinho Fábio Renato

Meu filhotinho Fábio Renato

Meu maridão Marcos

Meu maridão Marcos

Meu filho Cidnei Júnior

Meu filho Cidnei Júnior

Meu filhote Richard

Meu filhote Richard
Ocorreu um erro neste gadget

Pesquisar este blog

sexta-feira, 28 de maio de 2010

LILIANE

Boa noite Liliane, peço desculpas pois não consegui fazer tudo com minhas próprias palavras, em alguns textos copiei do material que tu nos passou. Me faltavam palavras para me fazer entender. Muito obrigada! Lucélia

Que respostas nos permitem ie além da visão de currículos como conteúdos prontos a serem passados aos alunos?

Essa pergunta me deixou bem confusa, penso que os conteúdos prontos existem apenas para que o professor tenha um embasamento do que aplicar a seus alunos. Pois no decorrer das aulas vão surgindo outros assuntos, temas, que não estão no currículo e são trabalhados extra-curriculares.

Como podemos trabalhar com a flexibilização da organização curricular tornando-a adequada para a trajetória de uma sociedade complexa e em contínuo processo de mudança?

Numa escola democratica o currículo deve ser flexivel e contextualizado na realidade local e regional dos alunos, norteado por um projeto pedagógico que articula os interesses, necessidades e demandas dessa realidade com as diretrizes escolares. Flexibilidade essa que permite fazer as adequações necessárias sempre que houver mudanças.

Qual Currículo é aplicado hoje?

Ao meu ver o currículo que é aplicado hoje, ele é visto como um documento que organiza um plano de trabalho educativo com conteúdos, métodos,estratégias e tempo para o desenvolver das atividades.

quinta-feira, 27 de maio de 2010

A produção desse vídeo pode ser caracterizada como um projeto que articula currículo, tecnologia e cultura?

Na minha opinião sim, pois o cacique quis preservar a história de seu povo, o projeto teve um objetivo concreto, um desenrolar, com começo, meio e fim. Através da tecnologia essa história não vai ter fim e a cultura de seu povo será preservada.
Quais evidências, atitudes, valores e procedimentos cobfiguram essa produção?

 As evidências são as organizações que foram feitas para a produção do filme, foi feito todo um roteiro, valorizando a cultura indígina, não deixando que a cultura do homem branco interferissem na montagem e contagem dos costumes deles. Foi seguido o planejado com poucas variações de pesquisa.

O que é currículo??

Currículo é um documento que organiza um plano de trabalho educativo, com objetivos a serem desenvolvidos com conteúdos, métodos, estratégias e tempos para a realização do mesmo. 

Articulações entre áreas de conhecimento e tecnologia - Articulando saberes e transformando a prática - Maria Elesabeth B B Prado.

Depois de todas as leituras realizadas cheguei a conclusão que é necessário repensar o papel da escola na questão ensino-aprendizagem: o professor necessita desenvolver estratégias criativas e de novas aprendizagens. O aluno precisa ser autônomo de seu próprio conhecimento, de suas próprias produções, ele mesmo ir em busca de novas idéias e ter ações criativas e colaborativas, é claro que sempre acompanhados do professor, pois o mesmo terá que ter pleno conhecimento das mídias, independente de sua área de atuação. isso exige do professor uma nova postura, buscando reconstruir a prática pedagógica.

Ciência da natureza, matemática e tecnologia - A interação como padrão comum entre as ciências da natureza e a tecnologia.

Já faz tempo que ouço varias discussões a respeito da  ineficiência de algumas matérias dentro das ciências, neste aspecto realmente é necessário uma nova reformulação de conteúdos, que venham a contribuir mais no aprendizado dos alunos, que seja mais condizente com a sua realidade. Fazer uma seleção do que repassar para os alunos também é uma forma de reciclar a educação.
Segundo Piaget ... as ciências da natureza e a tecnologia têm papel primordial, no sentido social, histórico, cultural, psicológico, espiritual e outros.

Ciência da natureza, matemática e tecnologia. As novas tecnologias e sua expressiva contribuição para o ensino das ciências no Ensino Médio.

A classe dos professores vem sendo bastante criticada em relação ao desempenho educacional e a resistência em se integrar com as novas mídias. Por esse motivo é necessário que haja uma mudança na educação como um todo, para que se concretizem o uso dessas novas tecnologias que vem contribuir para o desenvolvimento de pesquisas no campo das ciências e no ensino médio de uma forma geral, viabilizando acesso rápido a informações utilizando a internet, que possibilita informações em tempo real. Resta ao professor desenvolver novas competências para desenvolver o ensino-aprendizagem mais eficaz.

Prática e formação de professores na integração de mídias. prática pedagógica e formação de professores com projetos: articulando entre conhecimentos, tecnologias e mídias.

Segundo Maria Elisabeth, "o professor tem que ter condições e conhecimentos para trabalhar com as mídias. Projetos significa ir em busca de algo, buscar respostas para diversas questões".
A tecnologia vem acrescentar ao professor a possibilidade de se trabalhar com diversas ferramentas para que se consiga atingir um determinado resultado. É possivel sim integrar projetos e tecnologia, pois com a utilização das mídias cria-se todo um universo de conhecimentos e da-se condições de se criar novos conhecimentos, alem de permitir ao professor um acompanhamento organizacional desse trabalho de uma forma efícaz, fazendo uma interação entre as novas mídias e a educação.

Pesquisa, comunicação e aprendizagem com o computador- O papel do computador no processo ensino-aprendizagem.

O uso do computador no processo ensino-aprendizagem deve ser visto pelo professor como uma ferramenta a mais na construção do conhecimento. O professor deve ir em busca de formação para que saiba ensinar e orientar seus alunos a utilizarem o computador para atividades que contribuam para a aquisição de novos conhecimentos, o computador deve ser um aliado do professor neste processo. O professor deve procurar adquirir habilidades técnicas e pedagógicas para que a educação realmente de um salto de qualidade e que o uso das tecnologias digitais se incorporem de vez em nossa educação.

Aprender com o vídeo e a câmera. Para além das câmeras, as idéias.

Com certeza o vídeo e a câmera são ferramentas de grande utilidades na nova educação, principalmente quando se é trabalhado com projetos. Pois permite que os mesmos sejam revistos, reavaliados, reproduzidos; trabalhar essa nova linguagem de aprendizado leva o professor a pensar que num futuro próximo (pra não dizer já, hoje), a linguagem audiovisual vem de encontro com uma realidade nova em nosso meio, e o mais importante e o saber fazer e o saber usar interagindo o tradicional com o novo.

Pedagogia de projetos: Fundamentos e implicações.

Devemos ter consciência de que trabalhar com projetos requer sabedoria para integrar as diversas mídias e conteúdos curriculares numa perspectiva de aprendizagem construtivista, onde professor e aluno constroem juntos o aprendizado. É muito importante o procurar, levantar dúvidas, questionar, pesquisar. Cabe ao professor ser o mediador dessas informações sempre respeitando o dia a dia de seus alunos, seu afetivo, cultural e social.

Friedrich Froebel

Froebel foi um pensador muito importante na história da educação. Ele foi um dos primeiros a valorizar a infância. Pois defendia que a base para se formar boas pessoas se iniciavam na infância. Teoria essa que os psicólogos defendem hoje dentro da psicologia.

Repensar as situações de aprendizagem: O fazer e o compreender.

O papel do professor no ensino-aprendizagem é fundamental, pois os alunos sozinhos não conseguem discernir o que é correto ou não, ou se as informações obtidas são viáveis para que o aprendizado seja eficaz.  Nesta nova dinâmica de aprendizado o aluno precisa saber construir o aprendizado de acordo com sua realidade diaria e o professor é que deverá saber usar as mídias como uma ferramenta a mais no seu desempenho educacional.

terça-feira, 25 de maio de 2010

Projeto. Uma nova cultura e aprendizagem.

O desenvolvimento de projetos na educação envolve o professor e o aluno a construirem um conhecimento em parceria. Essa mudança precisa ser radical e vai acabar com muitos paradigmas . Concordo com a Maria Elesabeth quando ela explica de uma forma muito eficaz o que é trabalhar com projetos: 
..." A aprendizagem por projetos ocorre  por meio da interação e articulação entre conhecimento de distintas áreas, conexões estas que se estabelecem a partir dos conhecimentos do cotidiano dos alunos, cujas expectativas, desejos e interesses são mobilizados na construção de conhecimentos científicos . Cabe ao professor provocar a tomada de consciência sobre conceitos implícitos nos projetos e sua respectiva formalização, e fazer as intervenções quando necessário no momento apropriado. O desenvolvimento de um projeto envolve um processo de construção, participação, cooperação e articulação..."
 Na minha humilde concepção penso que é necessário que haja uma mudança pessoal e profissional para que realmente alcancemos essa tão esperada mudança cultural.

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Intedisciplinaridade - Refletindo sobre algumas questões.

A interdiciplinaridade surgiu na França e  na Italia nos meados dos anos 60. onde havia uma evidende preocupação com o ensino nas questões sociais, políticas e econômicas, pois os problemas não poderiam ser resolvidos por uma única área do saber. (Fazenda,1994).

No Brasil foi no final da década de 60, com a elaboração da LDB. Sua presença foi sendo intensificada também nas propostas e práticas educacionais, com a nova LDB, 1996 e com os Parâmetros Currículares Nacionais (PCN) de 1998.
A finalidade da interdiciplinaridade escolar é a difusão do conhecimento para favorecer ao aluno à integração de aprendizagem pelo pelo estabelecimento de ligações de complementaridade entre as disciplinas escolares (Fazenda, 1998)

Reflexão pessoal: Penso que a interdisciplinaridade veio de encontro a mudanças educacionais que se fazia necessário, para que os professores e os alunos diversifiquem mais o aprender e o saber.

Revalorização do livro diante das novas mídias. Veículos de linguagem do mundo contempôraneo: A educação do leitor para as encruzilhadas da mídia.

"...A comunicação escrita, especialmente aquela provocada por livros ou similares, permanece indispensável para a literatura ou para qualquer situação em que o sujeito precise ler e não apenas escanear ou receber informações. É necessário a formação de um leitor com maturidade para conviver com os diferentes veículos e configurações de linguagem e, por meio de entendimento possa adentrar criticamente as informações que circulam em sociedade..." (Ezequiel Theodoro da Silva)

Entendo que é responsabilidade da escola e do professor selecionar o conteúdo a ser ensinado e pesquisado na escola, sabendo utilizar as mídias o professor terá um grande aliado no repasse e na construção do saber.

Quais as constribuições das TIC ao desenvolvimento de projetos? Como se desenvolve o currículo por meio de projetos?

As contribuições são diversas, entre elas podemos citar:  Nos permite fazer um registro da descrição do projeto, buscar diversas informações e em diferentes fontes, disponibilizar essa informações e os resultados obtidos em qualquer tempo, comparar os resultados esperados com aqueles obtidos no início do projeto.
Fazer o acompanhamento do projeto e as alterações necessárias ao longo de seu desenvolvimento.
O desenvolvimento do currículo por meio de projetos acontece através de estratégias educativas. O educador deve ter a sabedoria de conseguir que o assunto seja incluído no currículo escolar de forma que
o ensinar versos aprender seja mais dinämico e com qualidade.

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Boa semana a todos. Abraços

Como se trabalha com projetos?

A maneira mais eficaz de se trabalhar com projetos é a colaborativa, porque desta forma desenvolve no aluno a capacidade de pensar, questionar, levantar hipóteses gerando ações
concretas, debates, questionamentos e reflexões sobre o assunto escolhido.
O tema a ser trabalhado deve ser de interesse do aluno, fazendo parte de seu cotidiano,
pois assim o aluno torna-se co-autor de sua própria aprendizagem. E cabe ao professor
ser o mediador dessa aprendizagem, trabalhando de forma a icentivar os alunos e fazendo
parceria com os mesmo a aprendizagem tornará bem mais interessante.

Como podemos enfrentar os desafios que levem à concretização do projeto de scola democratica?

Ao instituir a democratização do ensino, a nova Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei 9394/96) despertou a necessidade de transformações na escola com vistas à implantação do projeto democrático de nação, o qual impulsiona a ressignificação do currículo escolar como trajetória de formação.
Isto significa que na escola democratizada o currículo deve ser flexível e contextualizado na realidade local e regional dos alunos, norteado por um projeto pedagógico que articula os interesses, necessidades e demandas dessa realidade com as diretrizes escolares. Para tanto, há que criar situações educativas que promovam o pensamento científico e o desenvolvimento de valores da vida democrática.
Uma das dinâmicas que favorece a aproximação entre a escola e a realidade do aluno, a vivência democrática e se vincula com a pesquisa sobre algo significativo para o aluno baseia-se no desenvolvimento do currículo por meio de projetos, os quais têm sentido quando surgem como a busca de respostas às situações problemas emergentes no cotidiano educativo. (Curso Eproinfo III)

Que currículo é este que se desenvolve em projetos com o uso de tecnologias???

Ao utilizar as TIC em atividades curriculares, vislumbramos as possibilidades de abertura de espaços, tempos e conhecimentos tradicionalmente trabalhados na escola; de estabelecer conexões entre a escola, o cotidiano da vida dos alunos e os acontecimentos do mundo; de integrar o local com o global; de abrir as fronteiras para o diálogo e o trabalho integrado entre as disciplinas escolares.
A integração de tecnologias ao desenvolvimento do currículo na escola e na sala de aula desperta a consciência sobre as tensões entre a organização curricular fechada em disciplinas estanques com conteúdos previamente selecionados e o currículo integrado e aberto às experiências de vida.
A integração significativa das disciplinas e conhecimentos pode propiciar o envolvimento de alunos e professores em atividades socialmente relevantes, auxiliando na interpretação dos fenômenos socioculturais da comunidade, bem como no resgate da ética, das artes, da diversidade e dos valores a serem vividos pela escola por meio de uma atuação prática e tangível

O que compreendemos por Currículo?

"Currículo é um documento que organiza um plano de trabalho educativo com os conteúdos, médotos, estratégias e tempo para as atividades de disciplinas ou àreas de conhecimento, constituindo-se como um conjunto de prescrições que serão dinamizadas na prática pedagógica." Proinfo Integrado.